Dor durante a relação sexual: o que pode ser e como tratar

Início/Quebrando Tabus/Dor durante a relação sexual: o que pode ser e como tratar

Dor durante a relação sexual: o que pode ser e como tratar

Muitas mulheres se queixam de dor durante a relação sexual, mas nem sempre buscam o auxílio de um ginecologista para descobrir as causas e tratamentos. É importante entender o motivo das dores para evitar problemas mais graves e o diagnóstico precoce é imprescindível.

Como costumamos destacar em nosso blog, conhecer bem o seu corpo é crucial. Isso permite que você fique atenta às condições normais e perceba qualquer alteração, inclusive com relação à dor na hora do sexo. Confira, a seguir, como a dor sexual pode ser classificada, suas causas e como buscar tratamento.

Como compreender a dor durante a relação sexual

Primeiro, é importante que você compreenda que momentos passageiros de dor podem até ser considerados normais. É o caso das dores das primeiras penetrações ou ocasionadas por alguma inflamação. Já os casos em que a dor costuma ser constante requerem maior atenção.

Especialistas denominam a dor durante a relação sexual como Dispareunia. Ela pode acontecer na parte externa da vagina, na região da vulva, como uma queimação. Também pode ser sentida na parte interna da vagina, geralmente no fundo, com causas relacionadas ao útero.

Para que você consiga entender melhor, a Dispareunia é classificada em quatro tipos, são eles:

  1. Dispareunia primária: quando ocorre desde a primeira relação sexual;
  2. Dispareunia secundária: quando as relações aconteciam normalmente e, a partir de determinado momento, passam a causar dor ou algum tipo de desconforto;
  3. Dispareunia situacional: quando ocorre apenas em momentos específicos, sem muita continuidade;
  4. Dispareunia generalizada: quando a mulher não consegue desenvolver qualquer penetração.

O que pode causar dor durante a relação sexual

Algumas causas distintas para a dor durante o ato sexual podem ser listadas. Elas se relacionam a tratamentos, infecções ou inflamações, doenças, lesões e até a sintomas despertados com o alcance da menopausa. Confira:

  • Endometriose;
  • Cistite;
  • Miomas Uterinos;
  • Doença Inflamatória Pélvica (DIP);
  • Vaginismo, que é a contratação involuntária de músculos vaginais, com causas emocionais;
  • Falta de lubrificação causada pela menopausa;
  • Falta de lubrificação causada por parto recente ou período de amamentação;
  • Uso de medicamentos que afetam os hormônios femininos e que prejudicam a lubrificação;
  • Infecções genitais que possam afetar a flora vaginal, como a candidíase;
  • Estresse e depressão;
  • Bartolinite;
  • Infecção ou irritação do clítoris;
  • Infecções dermatológicas, como foliculite, psoríase e pediculose pubiana;
  • Doenças que afetam o ânus, como hemorroidas e fissura anal.

Como acabar com a dor durante a relação sexual

Como as causas da dor podem ser distintas de mulher para mulher, o diagnóstico ginecológico é necessário para descobrir o tratamento mais adequado. Em alguns casos, a procura de um psicólogo também é recomendada, pois a causa pode ser psicológica.

Nos casos em que a dor estiver relacionada à falta de lubrificação, por exemplo, o tratamento pode ser desenvolvido pelo seu ginecologista com o uso do laser íntimo.

A tecnologia a laser é capaz de recuperar a umidade da vagina, de devolver elasticidade ao órgão e melhorar sua espessura por meio do estímulo à produção de colágeno. Além disso, é um procedimento rápido e indolor.

Agora que você compreendeu as causas da dor durante a relação sexual, saiba mais sobre o uso do laser íntimo para melhoria da saúde feminina e aproveite para marcar uma consulta com um dos médicos credenciados mais próximos de você.

Tratamento Íntimo a Laser - Rejuvenescimento Íntimo

Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra

Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra

A ginecologista Valéria do Lago Pareja Guerra atua na Clínica Valéria Guerra, que fica em Dourados, MS. Seu contato é (67) 3422-3703. Também é possível entrar em contato pelo celular ou Whatsapp no número (67) 99972 1216.
Ela oferece o tratamento íntimo com LASER ATHENA.

Sua formação inclui:

- Medicina pela Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná
- Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná
- Titulo de especialização em Ginecologia e Obstetrícia - Mato Grosso do Sul
- Formação em Videolaparoscopia Ginecológica
- Pós-graduação em Medicina Estética pela Fundação de Apoio a Pesquisa e Ensino em parceria com a Faculdade de Ciências de São Paulo FAPES/ FACIS
- Docente do Curso Médico de Cosmetoginecologia Gynelaser - Brasília DF
Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra

Últimos posts por Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra (exibir todos)

By | 2019-03-20T09:47:45+00:00 14/02/2018|Categorias: Quebrando Tabus|Tags: , , , , , |Comentários desativados em Dor durante a relação sexual: o que pode ser e como tratar